Bem Vindo ao BLOG Younger

O BLOG DA YOUNGER, é o mais novo canal de intercâmbio de informações do estudante. Acompanhe as notícias atualizadas do que acontece no mundo do intercâmbio e amplie seu conhecimento sobre seu país de interesse.

Calendário

fevereiro 2012
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829  

Blog - Arquivo de fevereiro de 2012

Surfe estreia antidoping com tolerância para maconha e drogas sociais

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012 - 13:02
postado por Younger Intercâmbio

A principal novidade da ASP (Associação dos Surfistas Profissionais) para 2012 é o início da realização dos exames antidoping. O circuito profissional de surfe abre a sua temporada neste final de semana com a etapa de Gold Coast, na Austrália.

 

Inicialmente, somente serão divulgados os resultados positivos para substâncias que estimulem a melhora de rendimento. Os surfistas flagrados pelo uso de drogas “sociais”, como é o caso da maconha, terão seus testes mantidos em sigilo e só terão seus casos noticiados caso testem outras duas vezes. Quem não cumprir as novas regras da ASP pode ser suspenso do circuito por no mínimo um ano.

O norte-americano Kelly Slater, dono de 11 títulos mundiais, brincou sobre a possibilidade de alguém ser preso pelo uso de maconha durante as etapas.

“Alguém vai ser preso no circuito? Talvez. Seria meio engraçado. Quero dizer, seria uma chatice para essa pessoa, seria constrangedor”, disse.

Slatter afirmou não se importar com a realização do exame antidoping, mas ressaltou que não acredita que a utilização de drogas melhore o desempenho no surfe.

“Eu realmente não sei se a questão de melhora de desempenho se aplica tanto a nós. O surfe é muito tomada de decisões e habilidade. Não se baseia apenas em velocidade e não se baseia apenas na força. Não sei se alguém tomar uma droga se isso vai fazê-la vencer”, explicou.

“Se um cara está disputando uma corrida e quer ir o mais rápido, uma substância provavelmente pode fazê-lo ir mais rápido. Acho que ele poderia provavelmente trapacear. O surfe é um pouco diferente”, comparou Slatter.

 

http://esporte.uol.com.br/surfe/ultimas-noticias/2012/02/24/surfe-estreia-antidoping-com-tolerancia-para-maconha-e-drogas-sociais.htm

Visto para Austrália será feito pela internet e sem custo

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012 - 20:02
postado por Younger Intercâmbio

Brasileiros que vão visitar o país poderão pedir o visto pelo computador a partir desta quarta-feira.

 

Brasília – Os brasileiros poderão solicitar o visto para ingressar na Austrália por meio eletrônico a partir de amanhã. A concessão é gratuita e o turista poderá ficar no país por três meses.

Segundo a embaixada australiana, o objetivo é facilitar a concessão do visto. As informações necessárias sobre o procedimento estarão em inglês na página do Departamento de Imigração e Cidadania da Austrália

Pode solicitar o visto pela internet quem for à Austrália para turismo, visitar amigos ou parentes, negócios e conferências. Quem pretende ir ao país para tratamento médico ou para longas estadias deverá solicitar outro tipo de visto.

A concessão será comunicada por meio eletrônico (e-mail) e a pessoa deverá manter a notificação quando for à Austrália. Os detalhes do visto ficarão gravados eletronicamente e as autoridades aéreas irão consultar esses dados para permitir a entrada da pessoa.

Atualmente, os brasileiros têm que preencher um formulário em papel, pagar uma taxa e levar a documentação a uma representação diplomática australiana. O visto costuma ficar pronto em duas semanas. Agora, ele poderá ser concedido em três dias úteis.

O formulário para concessão do visto poderá ser acessado na página da embaixada.

www.younger.com.br

 

Brasil segundo alguns Americanos

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012 - 11:02
postado por Younger Intercâmbio

Watch the second Video from this link below and get an idea about Brazil’s transformation, through the point of some american’s view.

 

http://www.imaginepittsburghnow.com/tedx-pittsburgh-schnitzer-ames/9450/

 

In his talk, Pitt’s Political Science Department Chair Barry Ames citied the once oft-heard quip, “Brazil is the country of the future and always will be.”  How times have changed for the world’s fifth largest country.

Today, Brazil is viewed by many as a modern day success story, a country developing rapidly in a world defined by vast uncertainty. Across a number of measures – from educational opportunity to poverty numbers to energy exports – Brazil is operating at unprecedented levels. The country’s economy is now the world’s seventh largest, and it weathered the recession better than most nations.

How did South America’s largest nation get to this point?

Ames argues that the answer cannot be found simply in Brazil’s successful economic policies or its strong political institutions. Rather, the answer lies in the way institutions, society and history have interacted over time. These complex interactions allowed positive change to take effect in a country that, among many other successes, is now a world leader in renewable energy.